Nomeada de “Jardim do Nemo”, a primeira fazenda subaquática do mundo, acaba de começar a produzir frutas e vegetais novamente após uma pausa particularmente longa, que envolveu tempestades fortes em 2019 e restrições por conta da pandemia.

Uma estrutura única composta por seis estufas subaquáticas na costa de Noli, Itália, foi criada pelo Grupo Ocean Reef em 2012. O projeto começou com o cultivo de manjericão, tomate, abobrinha, feijão, ervilhas, aloe vera (babosa), cogumelos e morangos.

Com todas as dificuldades encontradas, a estrutura se manteve firme sozinha, sem vigilância, e o jardim subaquático acaba de ser reaberto.

“Todos os anos, estamos descobrindo novas aplicações possíveis para as biosferas”, diz Gianni Fontanesi, coordenador do projeto no Jardim do Nemo. O ecoturismo, um laboratórios de pesquisa científica ou estações subaquáticas para monitorar pesquisas de vida selvagem, são algumas das atividades que estão sendo exercidas. Você pode acompanhar o projeto através do instagram.

Assista ao vídeo promocional
Um pouco do projeto

Deixe um comentário

× Posso te ajudar?