Paramahansa Yogananda é uma das figuras espirituais mais influentes do século XX, cuja vida e ensinamentos continuam a inspirar milhões de pessoas em busca de crescimento espiritual e bem-estar interior. Nascido como Mukunda Lal Ghosh em 5 de janeiro de 1893, em Gorakhpur, Índia, ele foi o quarto filho de uma família religiosa e bem-educada. Desde cedo, Yogananda demonstrou um profundo interesse pela espiritualidade, mostrando uma inclinação para a vida monástica e a busca incessante por Deus.

A busca espiritual de Yogananda o levou ao encontro de seu guru, Swami Sri Yukteswar Giri, aos 17 anos. Sob a orientação de Yukteswar, Yogananda aprofundou-se nos ensinamentos da Kriya Yoga, uma antiga prática meditativa que promove a realização espiritual através da união direta com o Divino. Em 1915, ele se formou na Universidade de Calcutá e logo depois assumiu formalmente os votos monásticos, adotando o nome de Yogananda, que significa “felicidade (ananda) através da união divina (yoga)”.

Em 1920, Yogananda foi convidado para representar a Índia em um congresso internacional de líderes religiosos em Boston, nos Estados Unidos. Essa viagem marcou o início de sua missão no Ocidente. Ele fundou a Self-Realization Fellowship (SRF) em 1920 para disseminar os ensinamentos da Kriya Yoga, estabelecendo ashrams e centros de meditação nos Estados Unidos e posteriormente em outros países. Yogananda dedicou sua vida a ensinar os princípios universais da religião, enfatizando a importância da experiência direta de Deus através da meditação.

Um dos marcos de sua missão foi a publicação de “Autobiografia de um Iogue” em 1946, uma obra que se tornou um clássico espiritual e influenciou pensadores, líderes e buscadores espirituais em todo o mundo. O livro narra a jornada espiritual de Yogananda, seus encontros com santos e sábios na Índia, bem como sua experiência de difundir o yoga e a meditação no Ocidente. Através desta autobiografia, Yogananda conseguiu apresentar a espiritualidade indiana de uma forma acessível ao público ocidental, promovendo um entendimento mais profundo da unidade subjacente a todas as grandes religiões.

Yogananda enfatizava a necessidade de uma abordagem equilibrada da vida espiritual, que incluísse uma alimentação saudável, exercícios físicos, meditação diária e a prática de princípios morais e éticos. Ele via a ciência e a espiritualidade como complementares, e sua abordagem prática da espiritualidade atraiu seguidores de diversas origens e crenças.

Paramahansa Yogananda deixou o corpo em 7 de março de 1952, após concluir sua fala em um banquete em homenagem ao embaixador da Índia nos Estados Unidos. Sua morte foi considerada por muitos como um mahasamadhi, uma saída consciente do corpo de um iogue realizado. Após sua morte, seu corpo demonstrou sinais de incorruptibilidade, um fenômeno que foi documentado e visto como uma última demonstração da realização espiritual de Yogananda.

Yogananda deixou um legado duradouro, não apenas através de seus ensinamentos e escritos, mas também pela inspiração que continua a oferecer às pessoas em sua busca por paz, felicidade e realização espiritual. Sua vida é um testemunho do poder transformador da meditação e da busca sincera pela união com o Divino. A Self-Realization Fellowship continua a disseminar seus ensinamentos, guiando buscadores espirituais no caminho da auto-realização, assim como outras escolas de Kriya Yoga e suas vertentes.

Kriya Yoga Institute: kriya.org.br

Deixe um comentário

× Posso te ajudar?