Padmasana, também conhecida com a Postura em Lótus, é uma das posturas de meditação mais tradicionais e icônicas do yoga. “Padma” em sânscrito significa “lótus”, e a postura é assim nomeada porque, quando realizada corretamente, assemelha-se à flor de lótus.

Instrução passo a passo de como realizar:

  1. Comece sentado no chão com as pernas estendidas à sua frente em Dandasana (Postura do Bastão).
  2. Dobre o joelho direito e coloque o pé direito no topo da coxa esquerda, trazendo o calcanhar o mais próximo possível da virilha.
  3. Da mesma forma, dobre o joelho esquerdo e coloque o pé esquerdo no topo da coxa direita.
  4. Ambos os joelhos devem repousar no chão e os pés devem apontar para cima.
  5. Mantenha as mãos em Jnana Mudra (dedo indicador e polegar tocando-se) com os punhos apoiados nos joelhos ou em qualquer outro mudra de sua escolha.
  6. Mantenha a coluna ereta e o queixo paralelo ao chão.

Benefícios:

  • Acalma a mente, preparando-a para meditação.
  • Estica os tornozelos, joelhos e coxas.
  • Ajuda a manter a postura.
  • Estimula a pelve, espinha, abdômen e bexiga.
  • Ajuda a acalmar a ansiedade e reduzir a tensão menstrual.

Contraindicações e Precauções:

  • Lesões no tornozelo ou joelho.
  • Problemas graves de quadril.

Modificações e Variações:

Se você achar difícil colocar ambos os pés nas coxas, comece com Ardha Padmasana (Meio Lótus) colocando apenas um pé no topo da coxa oposta.

Uma vez que Padmasana seja confortável, você pode tentar variar a posição das mãos/mudra ou incorporar uma torção do tronco.

Categorias do Asana:

Postura sentada.

Drishti:

  • Para a ponta do nariz, para a frente em um ponto fixo ou olhos fechados.

Lembre-se, é importante ouvir seu corpo. Se sentir dor ou desconforto em qualquer postura, incluindo Padmasana, é crucial fazer ajustes ou voltar a uma postura mais básica. A prática de yoga deve ser pacífica e confortável, não forçada.

Deixe um comentário

× Posso te ajudar?