OM é um símbolo visual, um som ou um mantra sagrado que pode ser ouvido e falado. A sílaba Om é composta pelos três sons ‘A’, ‘U’ e ‘M’:  AUM.

‘A’ (pronunciado como um alongando “awe”) – Esse som representa o começo – a criação do universo e tudo dentro dele. Foi descrito como simbolizando o ‘estado consciente ou acordado’. Na tradição hindu, esse som está associado a Brahma, o Criador. O som se origina na barriga e vibra na parte superior do peito. A língua fica na parte inferior da boca e os lábios se separam, criando uma sensação de abertura.

‘U’ (um prolongado som de ‘oooh’) – Esse som significa a firmeza que o leva adiante e a energia que preserva e sustenta você e o mundo. Está associado ao Deus Hindu, Vishnu, o Preservador. Os lábios começam a se mover juntos e o som avança gradualmente, passando pelo céu da boca e vibrando na garganta.

‘M’ (som “mmmm”) –  Caracteriza o som da aproximação e do começo do fim. Está associado a Shiva – freqüentemente conhecido como ‘destruidor’, no sentido de destruir o que não serve mais, para a construção do novo. É também a força da conclusão e da finalização. Aí vem a língua até o topo da boca e os lábios se unem para criar um zumbido prolongado.

O som do silêncio…
Há também um quarto som: o silêncio; o resíduo que resta uma vez que a respiração e o som desaparecem. Eles surgem da quietude, mantidos pela firmeza e voltam ao silêncio – Om representa o fato de que tudo muda constantemente – do movimento à quietude , do som ao silêncio, o ciclo infinito da vida.

Veja como praticar o som primordial: 

Deixe um comentário

× Posso te ajudar?