Poucas pessoas consideram o alongamento uma forma de exercício, provavelmente porque é algo que fazemos muito sem esforço aparente, ao contrário do treinamento de força ou aeróbico. No entanto, essa forma relativamente suave de exercício pode mantê-lo saudável e em forma e é bom para o corpo e a mente.

O ALONGAMENTO AUMENTA A FLEXIBILIDADE

O alongamento aumenta a flexibilidade do corpo e reduz as lesões. Os gatos sabem que não são as ‘sete vidas’ que os ajudam a pousar em pé, mas sim a sua grande flexibilidade. Você pode observar que muitos animais se alongam em um momento ou outro durante o dia.

O ALONGAMENTO MANTÊM OS MÚSCULOS SAUDÁVEIS

Os músculos se desenvolvem ou atrofiam com base na teoria do uso e desuso. Os músculos que trabalhamos com mais frequência tornam-se bem desenvolvidos, enquanto os menos usados ​​tendem a atrofiar. Quando você fica sentado por longos períodos, os músculos da coxa e da panturrilha e os glúteos permanecem inativos, enquanto alguns outros músculos da região lombar e ao redor dos joelhos ficam tensos e doloridos.

O alongamento pode prevenir a atrofia muscular dos glúteos e de outros músculos subutilizados e aliviar a dor.

O ALONGAMENTO PODE AUMENTAR A AMPLITUDE DE MOVIMENTO DAS ARTICULAÇÕES

Os músculos estão ligados às articulações ósseas por tendões resistentes, porém flexíveis. Um tipo semelhante de tecido entre os ossos em uma articulação permite flexibilidade articular. 

O alongamento ajuda a manter os tecidos flexíveis e permite uma amplitude maior de movimento.

O ALONGAMENTO AJUDA A CORRIGIR DESEQUILÍBRIOS ESTRUTURAIS E MELHORA A POSTURA

A curvatura em forma de S da coluna vertebral ajuda no equilíbrio. Quando realizamos repetidamente tarefas que causam desequilíbrios, como carregar peso – um bebê ou uma bolsa de ombro – de um lado, alguns músculos ficam esticados enquanto os outros permanecem contraídos. A mesma coisa acontece quando usamos uma mão ou uma perna exclusivamente para trabalho ou atividade pesada e repetitiva.

Da mesma forma, quando passamos muito tempo agachados em frente às telas do computador, nossos músculos do ombro se esticam excessivamente para dentro, enquanto os músculos do peito permanecem contraídos. Você pode ver a condição oposta em mulheres grávidas que se dobram para trás em um esforço para equilibrar o peso da barriga.

Os exercícios de alongamento ajudam a aliviar a tensão nos músculos alongados e contraídos e restauram a integridade estrutural do corpo.  

O ALONGAMENTO REGULAR MANTÉM SUAS COSTAS SEGURAS

Problemas nas costas podem ser desencadeados pelo levantamento de pesos ​​ou por movimentos repentinos de torção, especialmente em pessoas que não têm mantido a flexibilidade da coluna com atividades de alongamento suficientes.

As vértebras que formam a coluna são mantidas no lugar pelos músculos ao redor. Seu menor deslocamento pode causar lesões na medula espinhal, resultando em dor leve a aguda.

A falta de exercício pode tornar o tecido da cartilagem rígido e inflexível. Quando isso acontece, torções e tensões repentinas podem causar rupturas na cartilagem. Sentar por muitas horas sem alongar-se torna a coluna rígida e causa dores nas costas. 

Os exercícios de alongamento que envolvem movimentos de flexão e rotação ajudam a fortalecer os músculos centrais ao redor da coluna e a manter os discos flexíveis. Exercícios de alongamento, bem como levantar da cadeira a cada 20-30 minutos por alguns minutos, podem manter suas costas em boas condições. 

Aprenda a praticar:

Há muitas formas de alongar com diferentes exercícios e intensidades. Vamos deixar um vídeo de 20 minutos para a flexibilidade do corpo. É uma sugestão. Você consegue encontrar outras formas no youtube e pode encaixar na sua rotina/disponibilidade diária.

 

Deixe um comentário

× Posso te ajudar?